Subscribe to RSS
banner

Vila Madalena

A Vila Madalena nasceu Vila dos Farrapos. Era uma parte de Pinheiros, uma extensa região que se espraiava, nos inícios da ocupação de São Paulo, desde a várzea do Rio Pinheiros até o espigão da Paulista. No século XVI, a Vila dos Farrapos era habitada por indígenas que haviam abandonado a parte central da cidade depois da instalação dos jesuítas e do colégio, em 1554. Na região de Pinheiros formara-se, então, um aldeamento, onde os missionários jesuítas ministravam a catequese, faziam batizados e missas e ensinavam os hábitos do trabalho aos índios. Na aldeia foi erigida uma capela, cuja padroeira era Nossa Senhora da Conceição.

Os morros e planaltos de Pinheiros eram cortados pelo Córrego do Rio Verde, que nascia perto da rua Oscar Freire e desaguava no Rio Pinheiros. As localidades do lado oeste do córrego, onde hoje está a Vila Madalena, chamavam-se, já no início de nosso século, Sítio do Rio Verde. Alguns antigos moradores da Vila Madalena contam que o proprietário das terras era um português. Ele tinha três filhas: Ida, Beatriz e Madalena, que deram origem aos nomes dos atuais bairros da Vila Beatriz, Vila Ida e Vila Madalena. Entretanto, a história faz parte da memória oral dos habitantes da Vila.

Na primeira década de nosso século, a cidade de São Paulo ia se ampliando para além do antigo triângulo histórico, e diversos de seus protagonistas, que moravam longe do centro, já necessitavam de transporte. Em 1910, a Light, uma das principais empresas urbanizadoras de São Paulo, assim como a City, anunciou a construção de uma linha e de uma estação de bondes na região da Vila Madalena.

Nessa época, as ruas eram de terra, sem iluminação, com acesso precário, de suas ladeiras íngremes e pequenos córregos. Sem dúvida, a chegada do bonde traria melhoramentos urbanos para a Vila Madalena. Foram chegando e fixando-se na região, então, diversos motorneiros, padeiros, açougueiros, sapateiros, pedreiros do cemitério, servidores públicos, quase todos de origem portuguesa. Nesse momento, o Sítio do Rio Verde foi loteado e começou a ocupação de uma nova sorte de gente na Vila Madalena.

Hoje, a Vila Madalena reúne moradores tradicionais, que ainda possuem casas simples com grandes terrenos (com criação de patos, galinhas etc.) e vários artistas e intelectuais. Durante os anos 70, muitos estudantes alugavam essas casas grandes e faziam uma espécie de república. A partir dos anos 80, começaram a surgir bares e uma série de negócios incrementados (galerias de arte, ateliês e lojas de grife).

Reduto dos boêmios de plantão, pelas ruas da Vila Madalena acontece muitos eventos e funcionam os bares para todos os gostos: há botecos desde clássicos até os mais agitados. Quem não dispensa música ao vivo e quer mais agitação “baladeira” também tem várias opções.

Outro ponto interessante do bairro é o Beco do Batman, uma galeria a céu aberto, localizado na Rua Gonçalo Afonso. As paredes da via são totalmente cobertas por grafites de artistas nacionais e estrangeiros. O bairro também é um ótimo lugar para fazer compras.

www.vilamadalena.com

 

0 comments

Add your comment

Nickname:
E-mail:
Website:
Comment:

Other articlesgo to homepage

Museu do Futebol

Museu do Futebol(0)

Mais do que sobre esporte, o Museu do Futebol é, antes de tudo, um museu sobre a história do povo brasileiro. Um museu cercado pelos mistérios da euforia que todos temos pela bola, pelo drible, pelo chute e pelo gol. Um mistério que opera sobre eruditos e simples, que unifica e separa como as grandes

Instituto Butantan

Instituto Butantan(0)

Instituto Butantan Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. O Instituto Butantan é um centro de pesquisa biomédica localizado no bairro do Butantã, na cidade de São Paulo. É uma instituição pública estadual, subordinada à Secretaria de Saúde do governo paulista. Fundado em 23 de janeiro de 1901, é responsável pela produção de mais de 80% do

Horto Florestal

Horto Florestal(0)

Horto Florestal de São Paulo Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. Nota: Se procura sobre o bairro do Horto Florestal, veja Horto Florestal (bairro de São Paulo). 23° 27′ S 046° 38′ W O Parque Estadual Alberto Löfgren, conhecido como Horto Florestal, é um parque localizado na zona norte da cidade de São Paulo, a cerca

Bairro da Liberdade

Bairro da Liberdade(0)

A Liberdade é um reduto da cultura japonesa em São Paulo desde 1912. Possui decoração temática nas ruas com as tradicionais lanternas japonesas, além da arquitetura marcante da cultura que pode ser vista em diversos pontos do bairro. Muitos dos letreiros são em japonês e boa parte dos residentes no bairro fala a língua materna.

Pinacoteca do Estado

Pinacoteca do Estado(0)

A Pinacoteca do Estado é um museu de artes visuais, com ênfase na produção brasileira do século XIX até a contemporaneidade, pertencente à Secretaria de Estado da Cultura. Fundada em 1905 pelo Governo do Estado de São Paulo, é o museu de arte mais antigo da cidade. Está instalada no antigo edifício do Liceu de

read more
banner

Contacts and information

A Bestsp trabalha com um sistema de marketing digital integrado ideal para sua empresa, banda ou evento, onde trabalhamos desde de uma simples notícia a um projeto completo, conheça a bestsp.

Orgulhosamente parceira Mediatemple, hospede seu site com a Bestsp e tenha nosso guia para divulgar seus serviços.

Social networks

Most popular categories

Buy This Theme
© 2011 Gadgetine Wordpress theme by orange-themes.com All rights reserved.